quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Semana Mundial da Reflexologia com destaque na Madeira

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

domingo, 4 de setembro de 2016

Reflexologia para edemas

Actividades de Verão . Serviço Regional de Saúde .

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Tratamento de Reflexologia

Tratamento de Reflexologia

domingo, 14 de agosto de 2016

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Reflexologia facial


domingo, 9 de agosto de 2015

Trabalho de Eunice Ingham


quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Reflexologia na ansiedade

Reflexologia na ansiedade

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Reflexologia na Escola da Calheta

Reflexologia na Escola da Calheta

terça-feira, 20 de maio de 2014

Aula de meridianos do curso de reflexologia

Reflexologia para edemas

domingo, 13 de outubro de 2013

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Agende a sua consulta para limpeza ouvidos


quarta-feira, 28 de agosto de 2013

domingo, 25 de agosto de 2013

Reflexologia Thailandesa ou reflexologia com taco Podal

A arte da Massagem Tradicional Thailandesa (Nuad Bo Rarn) teve sua base na Índia (Massagem Ayurvédica) e também foi influenciada pelas massagens da China, Coréia e do Japão.
Como descrito na “La Crónica Loubère”, durante o reinado do Rei Narai (1656-1689) foi mencionado o uso popular da massagem no antigo Sião (atual Thailandia): ‘Em Sião, quando adoeceu, seu primo o teria massageado’.
Por volta de 1800 o rei Rama III ordenou que fossem esculpidas placas de pedras que mostravam a Nuad Bo Rarn. Estas placas foram fixadas em pilares e ao longo do corredor da sala de coordenação de Wat Pho” e se encontram em bom estado de conservação. Hoje em dia, o “Wat Pho” – Escola de Massagem Tradicional Tailandesa é um dos principais centros de estudos e massagens na Thailandia.
Um dos segmentos da Nuad Bo Rarn, a autêntica Massagem Thai Foot Reflexology, desenvolveu-se ao longo dos séculos e hoje em diapossuiuma variedade de técnicas harmoniosas de movimentos, alongamentos e pressões de polegares com ritmo fluído e lento.
A Massagem Thai Foot Reflexology teve origem na Tailândia, cerca de 2000 anos atrás e é uma combinação do shiatsu japonês, da reflexologia chinesa, da tuiná chinesa e da yoga ayurvédica. A reflexologia podal tailandesa é uma antiga forma de massagem que trabalha para reduzir o stress, restaurar o equilíbrio interno do corpo e deixar uma sensação de total relaxamento e bem-estar.
Thai Foot Reflexology
A Massagem Thai Foot Reflexology é um tratamento holístico agradável, que restaura o equilíbrio da mente e do corpo e ao mesmo tempo estimula os órgãos internos além de ser um tratamento maravilhoso para pés e pernas.
Muito diferente da tradicional reflexologia podal chinesa, a Massagem Thai Foot Reflexology é considerada, também, como um trabalho de energia, pois restaura o equilíbrio do corpo e da mente através dos pontos reflexos dos pés e pernas que estão ligados ao corpo pelas Linhas Sen (meridianos de energia).
Durante uma sessão típica de Massagem Thai Foot Reflexology, usamos uma variedade de técnicas manuais para fazer alongamentos, torcer, amassar, pressões de polegar e em conjunto com um bastão de madeira sagrada, Stick, o que a torna única e diferenciada, para abrir as Linhas Sen (canais de energia): para estimular os pontos reflexos nos pés, que correspondem aos órgãos internos do corpo, e promover a saúde geral e bem-estar.
O princípio da Massagem Thai Foot Reflexology é que existem Linhas de Energia (Sen) dentro do nosso corpo que vão desde a cabeça até as solas dos pés e as palmas das mãos. Estas Linhas de Energia se relacionam com as diferentes partes do corpo e têm uma influência sobre o funcionamento dos órgãos, glândulas e músculos. Ao trabalhar sobre os pontos reflexos nos pés, o corpo e a mente são estimulados a restaurar o equilíbrio em determinadas áreas do corpo e para trazer um equilíbrio global de energia do corpo.
Similar aos meridianos da Medicina Tradicional Chinesa que carregam o “Qi” ou energia “Chi”, a Massagem Thai Foot Reflexology sabe como trabalhar as Linhas Sen. Sabe-se que o fluxo de energia obstruído pode ser a causa do desconforto ou doença em uma pessoa e as técnicas da Massagem Thai Foot Reflexology são para estimular e abrir esses canais.
Thai Foot Reflexology
Um antigo dito popular oriental diz que “o envelhecimento começa a partir as pernas”, então, as pernas são consideradas um termômetro da nossa saúde. Os orientais acreditam que as pernas agem como um segundo coração. Enquanto o coração bombeia o sangue para cada célula, o órgão do corpo tem mais força para empurrar o sangue para as extremidades dos capilares, em seguida, para sugar o sangue de volta das extremidades. Portanto, o movimento muscular dos braços e pernas desempenha o papel de um segundo coração para ajudar o retorno venoso. Quando nas solas dos pés temos falta de estimulação, a circulação do sangue nos pés e nas pernas fica comprometida.
Conta a história, que a Massagem Thai Foot Reflexology surgiu nos castelos e templos para melhorar a circulação dos monges e reis, que ficavam horas e horas meditando e caminhando pelas cidades. Sua técnica era passada oralmente de geração para geração nos Wats (Templos), da Thailandia e por isso não há muitos relatos a respeito.
A Massagem Thai Foot Reflexology hoje em dia é popularmente conhecida e praticada nas principais ruas e feiras de Chiang Mai e Bangkok, importantes cidades da Thailandia.
Benefícios:
Além do relaxamento e da esfoliação dos seus pés, alguns dos benefícios da Massagem Thai Foot Reflexology são:
  • Alívio do estresse e relaxamento.
  • Melhoria da circulação e eliminação de toxinas.
  • Drenagem linfática estimulada e impulsionar o sistema imunológico.
  • Redução da rigidez e maior flexibilidade.
  • Aceleração da cura física.
  • Melhora do sono.
  • Melhora o sistema de circulação sanguínea.
  • Fortalece o sistema imunológico.
  • Relaxa e revigora o corpo.
  • Gera um enorme bem estar físico, mental e psíquico.
  • Maior clareza mental e do humor.
  • Desintoxicação natural.
  • Maior flexibilidade dos pés e das articulações.
  • Pode aliviar a dor e a rigidez muscular causada pelo excesso de exercício ou por se manter muito tempo em uma posição.
  • Possibilita maior flexibilidade para as articulações e consequentemente menor risco de lesões

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Reflexologia aplicada a Medicina Chinesa


quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Reflexologia no cancro

Reflexologia para os doentes de Oncologia
Apesar das poucas pesquisas no Brasil sobre reflexologia, o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo reconheceu a técnica como uma especialidade desses profissionais. “A técnica é encarada como uma terapia complementar. Não podemos dizer que esse tratamento cura, pois não há estudos científicos comprovando esta teoria”, afirma a reflexologista Rosemeire Sartori de Albuquerque.

De acordo com a especialista, a oncologia é uma das áreas da medicina que mais usam a técnica. Os pacientes com câncer relatam redução dos efeitos colaterais da quimio e radioterapia.

A reflexologia é uma ciência que nasceu na China, há cerca de 5 mil anos antes de Cristo. O documento que descreve a prática deste método foi encontrado em escavações no Egito. Os arqueólogos localizaram um pictagrama produzido em torno de 2.500 anos antes de Cristo, na tumba do médico egípcio Ankmahor. No Brasil, a técnica chegou na década de 90.

O método é bastante semelhante à acupuntura, pois também baseia-se na terapia energética (as linhas de energia ligam as mãos e os pés a diversas partes do corpo, permitindo que todo o organismo seja tratado). A grande diferença está na ausência das agulhas e no uso dos pés. As mãos também são usadas, mas com menor intensidade.

Fluxo de Energia para a saude


Fluxo  de energia para a saúde

Quando esse fluxo de energia flui desimpedido, permanecemos saudáveis, e quando está bloqueado por tensão ou congestão, ocorre a doença.. Mediante o tratamento dos reflexos, os bloqueios são desfeitos, e a harmonia é restaurada a todos os sistemas. Tratando um pé de cada vez, trabalhamos nos reflexos da sola, os lados e peito do pé, usando as tecnicas digitais apropriadas.

 A  reflexologia um dos seu beneficios que é o relaxamento. Ao reduzir a tensão, tambem melhora a irrigação sanguinea, faz aflorar um funcionamento nervoso desimpedido, restabelece a harmonia entre todas as funções do corpo e combate o seu estresse.

Como os pés representam um microcosmo do corpo, todos os órgãos, glândulas e outras partes do corpo estão dispostos em arranjo similar nos pés.

A representação microcósmica de partes do corpo em diferentes áreas do organismo também se manifesta na íris do olho, na orelha e nas mãos.

Todavia, as zonas reflexas dos pés são mais fáceis de localizar porque cobrem uma área maior e são mais específicas, tornando mais fácil trabalhar com elas.

A pressão é aplicada nas áreas reflexas com os dedos das mãos e usando técnicas específicas, provocando mudanças fisiológicas no corpo, na medida em que o próprio potencial de cura do organismo é estimulado. Dessa maneira, os pés podem desempenhar um papel importante para conquistar e manter uma saúde melhor.

A técnica do tratamento reflexológico é simples.  Nesta forma de terapia, útil no tratamento de doenças e eficaz para manter a saúde e prevenir o aparecimento de doenças.

Reflexologia anti -stress


Reflexologia anti-stress


A cada dia vem aumentando mais o número de pessoas com sintomas característicos do stress: dores de cabeça, ombros, cansaço, desânimo, etc. Sintomas estes que, se não tratados à tempo, podem desencadear inúmeros outros distúrbios.

A grande maioria dos profissionais que vivem presos à grandes tensões / pressões propicios  pela rotina de trabalho que desempenham como executivos, analistas de computadores, digitadores, secretárias, etc., são as primeiras grandes vítimas deste processo.

Pense nisso! Reserve para você uma hora  por semana e venha conhecer nossos serviços de reflexologia.
Marque a sua consulta no Centro de Reflexologia da Madeira

Você não vai se arrepender e só tem a ganhar!

Reflexologia Sexual


Reflexologia dos órgãos genitais

Segundo a Medicina Tradicional Chinesa, os genitais são as mais poderosas áreas reflexológicas do corpo humano.

Tanto o pénis, quanto a vagina possuem regiões de correspondência com os meridianos de acupuntura.

O ato sexual é uma forma natural de massagem destes pontos reflexológicos.
Portanto, a prática sexual saudável é um ato de cura.

Nota: Os interessados em saber mais sobre este assunto devem ler os livros de Mantak Chia, um mestre do Taoísmo sexual e pioneiro em divulgar essas informações acerca da Sexologia Taoísta.

Fonte: CENTERIN

REFLEXOLOGIA SEXUAL
Neste "guia para pessoas que se amam", Mantak Chia e W. U. Wei tiram o estudo da reflexologia da esfera das massagens nos pés e o levam às esferas dos meridianos da energia interna, da sexualidade e da compaixão, orientando as pessoas para a compreensão da Reflexologia Sexual.

UMA NOVA ABORDAGEM PARA A PRÁTICA SEXUALO Estudo da Reflexologia Sexual ajudará os casais a descobrir seu potencial de energia sexual e sua compatibilidade física. Determinará a compatibilidade da energia interna de um casal e revelará seu caráter e disposição, ajudando a definir a natureza do seu relacionamento.

TÉCNICAS DE POSIÇÕES DAS MÃOS PARA OS QUE SE AMAMQuer feitos isoladamente, quer com um parceiro, os extraordinários "sexercícios" apresentados neste livro ajudarão as pessoas a se aprofundar num relacionamento amoroso. Essa arte, que evolui ao longo de séculos de estudos taoístas, renasce hoje para expandir o poder de cura do ato sexual, na forma de uma acupressura do êxtase.

O QUE O CORPO REVELA SOBRE A NOSSA SEXUALIDADE E A DE NOSSOS PARCEIROS
A Rreflexologia Sexual permitirá que você avalie os níveis internos de energia da outra pessoa, bem como o tamanho e o formato de seus órgãos sexuais, combinando e observando as características externas. Avaliar a aparência física e os aspectos corporais revela os pontos fortes e os pontos fracos do outro. Também revela a compatibilidade de um casal e ajudará você a descobrir o seu possível parceiro sexual.

Sobre o autor: O mestre Mantak Chia, nascido na Tailândia, provém de uma antiga linhagem de mestres taoístas que, expulsos da China comunista, hoje sobrevivem em número reduzido em países estrangeiros.
Estudou anatomia e medicina ocidental para compreender melhor os mecanismos que estão por trás da energia de cura, e desenvolveu um método simples e prático de ensinar essa antiga sabedoria, que até pouco tempo atrás continuava quase que secreta. É também autor de: Métodos Taoístas para Transformar Stress em Vitalidade, Chi Nei Tsang I, Chi Nei Tsang II e Cura Cósmica I, publicados pela Editora Cultrix




EDITORA CULTRIX
Reflexologia Sexual - O Tao do Amor e do Sexo
Mantak Chia e W. U. Wei
Editora Cultrix
216 pgs
R$ 35,00
Assunto: Saúde/ Terapias Alternativas

Reflexologia pelo Mundo fora


REFLEXOLOGIA NO MUNDO


Pesquisando para minha apostila de Reflexologia encontrei o site do International Institute of Reflexology, que fica na Inglaterra.


A Reflexologia cresceu em popularidade por lá e agora está amplamente disponível no Reino Unido. Prova disto é que recentemente, uma série de Reflexologistas foram contratados pelo NHS (Sistema de Saúde Nacional) para fornecer tratamentos para pacientes. Isso é uma grande vitória para a Reflexologia e para Práticas Naturais em geral, pois mostra aceitação e reconhecimento.


Além do Sistema de Saúde Nacional da Inglaterra, muitas empresas passaram a oferecer aos empregados atendimento reflexológico a fim de diminuir os níveis de estresse e melhorar o desempenho dos trabalhadores, que aceitam muito bem a Prática.

Assim como no Brasil, na Inglaterra também não existe ainda uma regulamentação para a Reflexologia. O Instituto Internacional de Reflexologia apoia os trabalhos do Fórum Reflexologia - um corpo que foi formado no Reino Unido para regulamentar a terapia. O objetivo é lançar um registo nacional de profissionais devidamente treinados, que tenham uma formação abrangente e que sigam um rigoroso código de conduta, como instruído pela Associação de Reflexologistas.
É de lamentar que em Portugal o que está acontecendo com algumas instituições que dão formação , onde NÃO SÃO RECONHECIDAS POR NENHUMA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL .


Para saber mais sobre o International Institute os Reflexology, o site é:www.reflexology-uk.co.uk/

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Workshop de Reflexologia


sábado, 5 de novembro de 2011

WORKSHOP REFLEXOLOGIA 12 NOVEMBRO

INSCREVE-TE PELO 962682480

REFLEXOLOGIA INFANTIL

Presença no Congresso Internacional de Reflexologia

Único Madeirense presente no Congresso organizado pelo ICR
 Membro ICR - International Council of Reflexologists

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

A Cura através dos Pés...

“ Nenhum outro órgão sensitivo consegue tocar o mundo ao seu redor, sentí-lo, percorrê-lo e manipulá-lo, como os pés e as mãos.”


 

 

 
A Reflexologia nasceu na China há cerca de 5000 anos. Ela foi provavelmente praticada por vários povos, entre os quais os egípcios. No entanto foi no início do século XIX que a reflexologia tornou-se mais conhecida no Ocidente.

  
O nome reflexologia vem de pontos reflexos, aqueles em que são aplicadas pressões específicas durante a terapia. Os pés representam uma espécie de microcosmo do corpo, ou seja, todos os órgãos, glândulas e outras partes do organismo estão refletidos nos pés. Esse fenômeno também se repete na íris do olho, na orelha e nas mãos. Nos pés porém os reflexos são bem mais fáceis de localizar por que cobrem uma área maior, tornando possível aplicar pressão em pontos específicos com precisão.

 

 

Os nossos pés são fundamentais para a manutenção da nossa saúde e do bem-estar, e podem fornecer informações preciosas sobre o estado geral do organismo. É esse o campo de estudo e trabalho da reflexologia podal, uma forma de massagem terapêutica nos pés capaz de prevenir e auxiliar no tratamento de doenças, equilibrando não só o corpo todo mas também a mente e as emoções.

 

 Segundo a medicina tradicional indiana (Ayurveda), a medicina tradicional chinesa e outras tradições orientais, existe uma energia vital que forma tudo o que existe no mundo. Quando essa energia está em harmonia no corpo, o indivíduo encontra-se saudável. Quando há desequilíbrio, ocorre o mal-estar. O maus hábitos da vida contemporânea (má alimentação, sedentarismo, tabagismo, etc) ao longo do tempo podem aparecer em forma de doença.

 

 A reflexologia é um dos instrumentos para restabelecer, de forma natural, o equilíbrio do ser humano. Fazendo pressões com as mãos em determinados pontos dos pés é possível provocar mudanças fisiológicas no corpo uma vez que o próprio potencial de cura do organismo é estimulado.

 

 A reflexologia trabalha com pontos de acupuntura e com os meridianos, mas apenas com aqueles existentes nos pés OU mãos. Seis meridianos passam pelos pés, mais especificamente entre os dedos, ligando-os a outras partes do corpo. Segundo a fisioterapeuta Eunice Ingham, a primeira reflexologista do Ocidente, a massagem terapêutica dos pés consegue eliminar bloqueios ao longo dos meridianos, estimulando o fluxo livre da energia vital e reequilibrando todo o sistema.

 

 A Reflexologia provoca algumas alterações no corpo, dentre elas:

 

 A) Relaxa o corpo;

 B) Descontrai os músculos;

 C) Melhora a circulação sangüínea, facilitando o transporte de oxigênio e nutrientes e a limpeza de toxinas celulares.

 D) Estimula a produção hormonal de endorfinas, que funciona no organismo como uma espécie de analgésico contra sensações de dor.

 E) É muito eficiente no combate ao estresse e seus efeitos maléficos.

 
 Aplicação da Reflexologia:

 Ao iniciar, lembre-se: o paciente precisa estar em uma posição confortável, permanecer em silêncio, respirar de forma tranqüila e ouvir música suave.

 

Peça que respire profundamente inspirando forte pelo nariz e soltando, como um alívio pela boca ( o ar deve passar largo pela garganta). Repita até sentir que o corpo relaxou e inicie o trabalho.

 OPCIONAL ...
Você pode incrementar, fazendo um escalda-pé com ervas e sal grosso, ou colocar predrinhas roladas (de rio ou cristais) em uma bacia com água morna para pisotear. Massageie bem os pés para depois pressionar as zonas reflexas. Use sua criatividade.

 Para os toques de reflexologia propriamente dita, toca-se 3 vezes cada ponto por pelo menos 5 segundos.

  
Há algumas PRECAUÇÕES E NÃO contra-indicações como se diz para a aplicação da reflexologia: (atenção deverá SEMPRE fazê-lo co PROFISSIONAL QUALIFICADO):

 

  • Caso de trombose ( pois a massagem pode deslocar o coágulo sangüíneo);
  • Diabetes (especialmente se o paciente utilizar insulina)
  • Gravidez;
  • Fraturas ou lesões;
  • Varizes expostas;
  • Dermatites.
 A acção da reflexologia pode ser muito benéfica em MUITOS DISTÚRBIOS DE SAÚDE VERIFIQUE alguns tipos de problemas de saúde descritos a seguir:

 
Dor de Cabeça: Com o polegar dobrado, estimula-se a área do hálux (dedão).
 
Coluna: Desliza-se o polegar, massageando a lateral interna no pé de acordo com a área desejada.( cervical, torácica, lombar, sacral, cóccix, cintura pélvica)

 
Vista Cansada: Com o polegar dobrado, pressione a área entre o segundo e o terceiro dedo do pés.

 
Pressão: Para equilibrar a pressão, pressionar o ponto correspondente entre o quarto e o quinto dedo no dorso do pé, deslizando o dedo sobre a área.

 
Nervo Ciático: Massagear a região externa entre o maléolo lateral e o calcanhar.

 
Prisão de Ventre: No pé direito massagear a sola do pé no sentido do colo ascendente e transverso, no pé esquerdo massagear no sentido do colo transverso e descendente.

 
Ansiedade: Com o dedo indicador dobrado, fazer movimentos circulares nas áreas referentes ao plexo solar.

 
Labirintite: Com o polegar dobrado, estimular os pontos reflexos da área do pé, entre o quarto e o quinto dedo.

 
Tensão no ombros: Estimular a parte lateral externa do pé.

Perna Inchada: Deslizar o polegar nas laterais da perna, entre o maléolo lateral e a cabeça da fíbula.

 
Artrite: Massageie os reflexos dos órgãos e áreas afetadas, bem como os pontos dos brônquios, pulmões e glândulas endócrinas.
 
Asma: Inicie o trabalhando os reflexos do plexo solar, aliviando estresse emocional. Passe a trabalhar os reflexos dos brônquios, pulmões, glândular endócrinas e tireóide.
 
Cálculos renais: Trabalhe os reflexos dos rins, pituitária, tireóide e paratireóides.

 
Colesterol alto: Trabalhe os reflexos da tireóide.

 
Obstipação: Estimule os reflexos do plexo solar, intestinos e reto.
 
Cordas Vocais: Para fortalecer massageie o 1° dedo na porção mais próxima ao segundo dedo. Trabalhe também os pontos da garganta.

 
Costas: Rigidez e dores, estimule os reflexos do cóccix e da espinha.
 
Diabete: Massageie os pontos do pâncreas, glândulas endócrinas, ris e fígado.

 
Digestão: Trabalhar reflexos do estômago, fígado e cólon, e os pontos da língua.
 
Enxaqueca: trabalhe os reflexos do plexo solar e cervicais, também do cólon e cóccix.
 
Equilíbrio do Cálcio: Trabalhe os reflexos das paratireóides.

 
Fadiga: Trabalhe os reflexos da tireóide, paratireóide e glândulas endócrinas, que regulam o tônus muscular.

Fígado: Trabalhe os reflexos para o fígado e tireóide.

 
Gases: trabalhe os reflexos do estômago, intestino grosso e reto.

 
Hipertensão: Inicie estimulando o reflexo do plexo solar. Determine então outros pontos sensíveis e estimule. Se o reflexo dos rins for trabalhado amplie até os reflexos da bexiga e ureter.

 
Inflamação: Qualquer que seja a origem da inflamação e o ponto onde acontece, pode ser aliviada pressionando o reflexo do Plexo Solar.

 

 

 
Peso: Para excesso ou falta de peso, massageie o reflexo da tireóide.
Fonte:sogab

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Reflexologia Podal e o Esporão de Calcâneo


Definição

O esporão do calcâneo é uma projeção óssea, geralmente na porção inferior do osso calcâneo, formado pela contínua tração exercida sobre o revestimento do osso calcâneo pela fáscia plantar. A cada vez que o revestimento se rompe, refaz-se formando uma nova camada óssea (depósito de cálcio), que termina se tornando espessa para formar o esporão. Essa protuberância óssea penetra nos tecidos adjacentes, irritando-os e levando à formação de uma bursite calcânea.

 
A fáscia plantar é uma aponeurose (tecido que recobre a musculatura da planta do pé) que se estende do calcâneo aos dedos. É importante salientar que o esporão não ocorre na fáscia plantar e sim no músculo flexor curto dos dedos, o qual é adjacente a fáscia.
Incidência
A síndrome de excesso de uso como geralmente é conhecido o esporão, atinge pessoas principalmente dos 40 aos 50 anos de idade e é mais freqüente em mulheres do que em homens. O sobrepeso facilita o aparecimento dessa inflamação na fáscia plantar. Apenas 50% das pessoas com fasceíte plantar tem esporão de calcâneo e 10% das pessoas sem dor no calcâneo também tem esporão, assim, via de regra, não há indicação de ressecção cirúrgica do esporão.
Causas
  • Excesso de peso;
  • Mau alinhamento dos pés;
  • Fadiga muscular;
  • Uso de calçados impróprios para determinados terrenos;
  • Combinação de vários desses fatores.

 
Reflexologia Podal e o Esporão de Calcâneo

 
A Reflexologia Podal ou massagem reflexa, estimula os tecidos da região plantar (Fáscia, músculos, aponeurose, ligamentos), melhorando a circulação sangüínea, combatendo a congestão, e provocando um grande relaxamento nos pés e corpo, combatendo assim o processo inflamatório. É preciso um conjunto de medidas auxiliares com o objetivo de diminuir a sobrecarga nas estruturas dos pés.

 
Os pontos dos pés referentes à coluna vertebral, a região do calcâneo, o ciático, a circulação sanguínea, deverão ser pressionados com cuidados, e mais cuidado ainda, o ponto doloroso. O alongamento se faz necessário em todos os movimentos dos pés, nos músculos da panturrilha (Sóleo e Gastrocnêmio).

 
Outra fase do tratamento o reflexoterapeuta deve orientar o paciente quanto à atividade que provoca sobrecarga orientando sobre a prevenção, que inclui alongamentos em casa dos músculos gastrocnemio e sóleo, e músculo flexor curto dos pés (músculo da região plantar). Utilizar um suporte apropriado para os pés (Palmilha se caso necessitar). Não esquecer de solicitar ao paciente sempre que estiver com dor no calcâneo, massagear a região durante 5 min., com as próprias mãos de preferência, ou utilizar uma bolinha rígida, de diâmetro igual ou próximo à bola de bilhar, onde possa tocar o local doloroso com o mesmo tempo relatado anteriormente. A utilização pelo paciente de um calçado confortável, macio, e específico para cada terreno, ajuda a evitar os microtraumas nos pés.
fonte:Revista Podologia Hoje

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Reflexologia na Ansiedade

O que é Ansiedade?

 
É uma preocupação exagerada que pode abranger diversos eventos ou atividades da vida da pessoa. Geralmente vem acompanhado por uma variedade de sintomas como tensões musculares, dores de cabeça, alterações do sono, irritabilidade, etc... Costuma causar um comprometimento nas relações pessoais, ocupacionais, podendo gerar um acentuado sofrimento.

Quais os sintomas ?
  • Dores de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Palpitações;
  • Falta de ar;
  • Inquietação;
  • Excesso de suor;
Diagnóstico
O diagnóstico é realizado através dos sintomas apresentado pelo paciente, excluindo outras doenças, sendo que, o mais importante que isso, é o relato detalhado de informações do paciente.
 
 Objetivo de Tratamento da Reflexologia Podal 
  • Aliviar a tensão;
  • Combater a congestão no organismo;
  • Combater a Inflamação;
  • Promover o relaxamento;
A Reflexologia Podal e a Ansiedade
 
 As causas da Ansiedade têm raízes bem mais profundas do que revelam os sintomas externos. Segundo a abordagem holística, o corpo é um sistema dinâmico que está sempre em mutação. O ser humano é mais que um mero corpo físico. Cada indivíduo é um conjunto complexo de aspectos mentais, físicos e espirituais em equilíbrio afetados por fatores ambientais e sociais. 
A Reflexologia Podal age rapidamente sobre a ansiedade, com efeitos relaxantes imediatamente após a primeira aplicação, estimulando, toda a rede nervosa, além de proporcionar uma boa irrigação sanguínea nos músculos.
 
Segundo Dougans e Ellis, a Reflexologia Podal ajuda, através da estimulação reflexa, aliviar os efeitos da ansiedade ao induzir um relaxamento profundo, permitindo assim que o sistema nervoso funcione normalmente e deixando o corpo livre para procurar a sua própria homeostase (Equilíbrio).
 O relaxamento do corpo, facilitado pela estimulação-reflexa, permite que os sistemas corporais, incluindo os sistemas de excreçãos (S. Urinário, S. Nervoso, S. Respiratório e S. Digestivo), funcionem eficientemente, eliminando os metabólitos corpórais para o exterior. E também permite que os vasos do sistema cardiovascular conduzam o sangue de forma fácil e natural.
 
 É necessário utilizar a estimulação em reflexos e áreas específicas com o objetivo de normalizar a circulação sanguínea e linfática, que se encontram congestionada, devido o aumento das tensões musculares. Isso só é possível com a experiência de um profissional devidamente qualificado em Reflexologia Podal.

  

domingo, 8 de maio de 2011

WORKSHOP REFLEXOLOGIA EMOCIONAL

NO DIA 28 DE MAIO REALIZA-SE NO FUNCHAL 
A 2ª EDIÇÃO DO WORKSHOP DE REFLEXOLOGIA EMOCIONAL

Não pré-requisitos para participar neste evento: apenas vontade de aprender e autoconhecer-se!

Reflexologia Emocional: Técnica que nos permite estudar as emoções espelhadas nos pés ...
"Sentir, ver; tocar ... siga a sua Intuição!
Através de uma vivência teórico-prática podemos descodificar os sinais que o corpo envia, e que muitas vezes passam desapercebidos, trazendo consequências para a nossa vida tanto pessoal como profissional.
Como recurso, usamos técnicas específicas para entender-se a si e ao outro de uma maneira mais eficiente e terapêutica.

VENHA PARTICIPAR NESTE WORKSHOP POIS VOCÊ SÓ APRENDE ALGUMA COISA NA VIDA FAZENDO ...

Este terá como objectivo aprender a :
Definir Reflexologia e Reflexologia Emocional
Analisar os diferentes tipos de pés
Identificar as características relacionadas com padrões emocionais observáveis nos pés
Fazer exercícios de Intuição para identificar o que nos dizem os pés ...
Técnica de Equilíbrio e harmonização Emocional

Este Iniciará as 09:30
Pausa para Café às 11h00
Pausa Almoço 12h30 - 14h00
Pausa para Café 16h30
Entrega Certificado Presença 19h30
Encerramento 20h00

quinta-feira, 10 de junho de 2010

A Brief History Of Reflexology

terça-feira, 8 de junho de 2010

ANÁLISE DA PERSONALIDADE PELOS PÉS - PALESTRA

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Libera el estres con EFT en 60 segundos

ESTRES Y ANSIEDAD GENERALIZADA

REFLEXOLOGIA PODAL: Prácticas Gloria (EEUU) V

INVITACION I CONGRESO INTERNACIONAL DE REFLEXOLOGIA PODAL

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Actividades de Verão . Serviço Regional de Saúde .

Reflexologia na Escola da Calheta

quarta-feira, 2 de junho de 2010

domingo, 23 de maio de 2010

CURSO MONITOR REFLEXOLOGIA INFANTIL 2009

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Algumas técnicas de Reflexologia

O que fazer quando tem dores nos pés

Noticias de Reflexologia

object width="425" height="344">

Como ajudar quando alguem tem ciatica

Reflexologia no Cancro

Fantastico.. Importancia da Reflexologia no Cancro

object width="425" height="344">

Documentarios sobre Medicina Alternativa

Renascimento

Risoterapia

Reportagem Sic - A importância das Terapias Complementares no dia-dia

Mente sã em corpo são

No Hospital de S. João, no Porto, os doentes de leucemia têm sessões de reiky, que lhes aliviam as dores e os ajudam a suportar os longos períodos de internamento;
no Zoomarine, uma equipa de investigadores avaliou, durante três anos, os efeitos da interacção dos golfinhos com um grupo de 23 crianças autistas do Algarve.


São apenas dois exemplos de um conjunto cada vez mais vasto de terapias alternativas ou complementares, muitas delas, diga-se em abono da verdade, sem qualquer base científica.
Outras, como a acupunctura e a osteopatia – para citar apenas dois exemplos – já são reconhecidas pela medicina tradicional na abordagem de certas patologias.
O reiky, designação japonesa de “energia vital universal”, é utilizado nalguns hospitais dos Estados Unidos e da Europa.
Na unidade de hematoncologia do S. João ainda dá os primeiros passos, a título experimental, com o consentimento da administração e do conselho de ética do hospital. Mas a julgar pelos relatos dos pacientes e da equipa que os acompanha, é bem provável que esta prática passe a constar do tratamento da leucemia.
Já o recurso aos golfinhos na abordagem do autismo, “embora apresente benefícios moderados, não se justifica como terapêutica indispensável a estas crianças” – afirma o pedopsiquiatra Emílio Salgueiro, que liderou o estudo levado a cabo no Zoomarine do Algarve.
A ciência procura respostas para as mazelas do corpo e da mente. Mas por muito que a medicina e a tecnologia evoluam, o ser humano continuará a lançar mão de práticas que escapam à lógica e à evidência.

Jornalista: Carlos Rico

Actividades 2009