domingo, 14 de Fevereiro de 2010

A importãncia da Respiração Rebirthing

         Respirações Energéticas, conscientes e conectadas




Respiração 1- Se andar com algum desconforto/ preocupação
                       Fazer durante 4 (quatro) respirações curtas seguidas de uma profunda, sempre pelo nariz. Fazer esta respiração diariamente sempre que tiver algum desconforto.

Respiração 2- Deixar partir a Raiva
                       Fazer durante 4 (quatro) vezes respirações curtas seguidas de uma profunda, sempre pelo nariz e com a lingua entre os dentes

Respiração 3- Respirações Conectadas
                      Fazer 4(quatro) respirações curtas e seguidas de uma profunda, sempre pela boca bem aberta. Este tipo de respiração faz surgir sentimentos reprimidos

Atençaõ todo este tipo de respiração repita 20(vinte) vezes.

Sinta-se GRATO por tudo aquilo que tem e por tudo aquilo que QUER



                    

Sem comentários:

CURSO MONITOR REFLEXOLOGIA INFANTIL 2009

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Algumas técnicas de Reflexologia

O que fazer quando tem dores nos pés

Noticias de Reflexologia

object width="425" height="344">

Como ajudar quando alguem tem ciatica

Reflexologia no Cancro

Fantastico.. Importancia da Reflexologia no Cancro

object width="425" height="344">

Documentarios sobre Medicina Alternativa

Renascimento

Risoterapia

Reportagem Sic - A importância das Terapias Complementares no dia-dia

Mente sã em corpo são

No Hospital de S. João, no Porto, os doentes de leucemia têm sessões de reiky, que lhes aliviam as dores e os ajudam a suportar os longos períodos de internamento;
no Zoomarine, uma equipa de investigadores avaliou, durante três anos, os efeitos da interacção dos golfinhos com um grupo de 23 crianças autistas do Algarve.


São apenas dois exemplos de um conjunto cada vez mais vasto de terapias alternativas ou complementares, muitas delas, diga-se em abono da verdade, sem qualquer base científica.
Outras, como a acupunctura e a osteopatia – para citar apenas dois exemplos – já são reconhecidas pela medicina tradicional na abordagem de certas patologias.
O reiky, designação japonesa de “energia vital universal”, é utilizado nalguns hospitais dos Estados Unidos e da Europa.
Na unidade de hematoncologia do S. João ainda dá os primeiros passos, a título experimental, com o consentimento da administração e do conselho de ética do hospital. Mas a julgar pelos relatos dos pacientes e da equipa que os acompanha, é bem provável que esta prática passe a constar do tratamento da leucemia.
Já o recurso aos golfinhos na abordagem do autismo, “embora apresente benefícios moderados, não se justifica como terapêutica indispensável a estas crianças” – afirma o pedopsiquiatra Emílio Salgueiro, que liderou o estudo levado a cabo no Zoomarine do Algarve.
A ciência procura respostas para as mazelas do corpo e da mente. Mas por muito que a medicina e a tecnologia evoluam, o ser humano continuará a lançar mão de práticas que escapam à lógica e à evidência.

Jornalista: Carlos Rico

Actividades 2009